Destaques Do Regional

Comissão Episcopal Representativa reunida na sede do episcopado paulista

A Comissão Episcopal Representativa, composta de oito membros das oito sub-regiões pastorais (Aparecida, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto I, RP II, São Paulo I, SP II e Sorocaba), do Regional Sul 1 da CNBB, esteve reunida na manhã de ontem (23), na sede do episcopado paulista. O intuito foi elaborar a pauta da Assembleia Regional dos Bispos, que acontecerá entre os dias 11 a 13 de junho, em Itaici, SP.

Dom Pedro Luiz Stringhini (ao centro), bispo de Mogi das Cruzes e Presidente do Regional Sul 1 da CNBB, Dom Edmilson Amador Caetano, bispo de Guarulhos e vice-presidente e Dom Julio Endi Akamine, arcebispo de Sorocaba e secretário-geral, acolheram os bispos que compõem a Comissão Episcopal Representativa: o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Dom João Inácio Müller, Dom Moacir Silva, Dom Benedito Gonçalves dos Santos, Dom Sérgio Aparecido Colombo e e Dom José Luiz Bertanha.

A 82ª. Assembleia Regional dos Bispos refletirá sobre as Novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil – 2019-2023, entre outros assuntos,  como Missão Amazônia e África e a  eleição da nova Presidência e os presidentes das Comissões Episcopais Pastorais.

O bispo de Mogi das Cruzes e presidente do Regional Sul 1 da CNBB, dom Pedro Luiz Stringhini, avalia a reunião positivamente e explica sobre a Assembleia Regional dos Bispos. “Neste ano, além do tema das DGAE – (Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil), elegeremos a nova Presidência do regional, composta pelo presidente, vice e secretário geral; os presidentes das oito sub-regiões pastorais; além das comissões episcopais pastorais”.  Destacou também que durante a Assembleia farão a Revisão do Regulamento do Conselho Episcopal Regional.

Entre as competências da Comissão Episcopal Representativa estão atender a solicitações de estudo da Assembleia Geral e de outros órgãos da CNBB; preparar a proposta de pauta da Assembleia do Conselho Episcopal Regional; propor e desenvolver atividades no âmbito das finalidades do Conselho Episcopal Regional segundo as diretrizes da Assembleia Geral do Conselho Episcopal Regional; decidir sobre qualquer assunto, por delegação da Assembleia do Conselho Episcopal Regional; Organizar a Assembleia das Igrejas Particulares do Regional dando-lhe normas peculiares; constituir Comissões Episcopais e Grupos de Trabalhos para funções pastorais em favor dos fiéis, para dinamizar a própria missão evangelizadora; escolher, dentre os seus membros, os Presidentes de cada uma das Comissões Episcopais de Pastoral; dar parecer e decidir com as Comissões Episcopais Pastorais sobre seu planejamento pastoral e financeiro; dar parecer sobre os candidatos às funções de Secretário Executivo e Secretário administrativo que forem apresentados pela Presidência; orientar e avaliar o trabalho das Comissões Episcopais de Pastoral, promovendo a ação pastoral orgânica em todo o Regional.

Palavra do Presidente

Facebook

Assine nossa newsletter

Conheça nossos parceiros.